Itaú Cultural exibe longa-metragem Heartstone

Redação

Filme que integrou a edição do ano passado da Mostra, a produção islandesa-dinamarquesa acompanha um turbulento verão de dois adolescentes em uma ilha de pescadores, onde descobrem paixões e sentimentos escondidos. Até o final do mês, o instituto exibe, ainda, filmes que integram a edição de 2018 e sedia o II Fórum Mostra Internacional de Cinema

No dia 16 de outubro (terça-feira), às 19h, a programação que o Itaú Cultural realiza às terças-feiras, dedicada ao cinema, apresenta Heartstone, filme com direção e roteiro de Gudmundur Arnar Gudmundsson. Tendo no mês de outubro toda a temática direcionada à 42ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, a série de exibições encerra neste dia a sequência de filmes que integraram a edição de 2017 da mostra. A partir da próxima semana segue com produções da programação de 2018. Em paralelo, o instituto sedia debates voltados aos aspectos mercadológicos e artísticos do cinema, sob a análise de diferentes especialistas do setor audiovisual.

Primeiro longa-metragem do diretor islandês Gudmundur Arnar Gudmundsson, realizado em 2016, Heartstone se passa em uma remota vila de pescadores da Islândia, onde dois adolescentes vivem turbulentas experiências no verão. Amigos, Thor e Christian passam por uma temporada de descobertas amorosas: enquanto um deles tenta ganhar o coração de uma garota, o outro descobre novos sentimentos pelo melhor amigo.

Quando o verão termina, a natureza hostil reassume seu lugar na Islândia. Analogamente, Thor e Christian também tem que deixar para trás os dias de descobertas da adolescência e enfrentar o momento de mudanças para a vida adulta.

Nas duas últimas terças-feiras do mês, o público confere na Sala Itaú Cultural dois títulos da programação oficial da 42ª edição da Mostra Internacional de Cinema. De 24 a 26 de outubro, o instituto recebe o II Fórum Mostra Internacional de Cinema, que, neste ano, realiza debates sobre criatividade, economia política do cinema e a interseção entre linguagens e plataformas.

Sobre o diretor

Gudmundur Arnar Gudmundsson nasceu na Islândia, em 1982. Formou-se na Academia de Arte Islandesa e estudou roteiro na Dinamarca. Dirigiu os curtas Jeffrey & Beth (2009), Whale Valley (2013), que recebeu menção especial no Festival de Cannes, e Ártún (2014). Heartstone, seu primeiro longa-metragem, DE 2016, foi desenvolvido e escrito durante a residência no programa Cannes Cinéfondation.

Comente pelo Facebook