APOSTAS PARA O GLOBO DE OURO 2016 (cinema e TV)

apostas_globodeouro

Domingo dia 10 de janeiro serão anunciados os vencedores do Globo de Ouro com transmissão ao vivo do canal pago TNT, a partir das 22 horas. Como acontece todo ano, o Ccine10 faz suas apostas em todas as categorias.

E vamos começar falando de cinema. Os candidatos são fortes e, apesar de não terem estreado por aqui ainda, não é tão difícil identificar favoritos. E esses são os palpites de Kadu Silva para as categorias de cinema:

Palpites do Kadu (CINEMA)

MELHOR FILME DRAMÁTICA
FAVORITO: O Regresso
ALTERNATIVA: Mad Max: Estrada da Fúria
O MEU VENCEDOR: O Regresso

MELHOR ATRIZ EM FILME DRAMÁTICO
FAVORITO: Cate Blanchett – “Carol”
ALTERNATIVA: Rooney Mara – “Carol”
O MEU VENCEDOR: Cate Blanchett – “Carol”

MELHOR ATOR EM FILME DRAMÁTICO
FAVORITO: Eddie Redmayne – “A Garota Dinamarquesa”
ALTERNATIVA: Leonardo DiCaprio – “O Regresso”
O MEU VENCEDOR: Leonardo DiCaprio – “O Regresso”

MELHOR FILME CÔMICO OU MUSICAL
FAVORITO: Perdido em Marte
ALTERNATIVA: A Grande Aposta
O MEU VENCEDOR: Perdido em Marte

MELHOR ATRIZ EM FILME CÔMICO OU MUSICAL
FAVORITO: Melissa McCarthy – “A Espiã que Sabia de Menos”
ALTERNATIVA: Jennifer Lawrence – “Joy: Um Nome de Sucesso”
O MEU VENCEDOR: Melissa McCarthy – “A Espiã que Sabia de Menos”

MELHOR ATOR EM FILME CÔMICO OU MUSICAL
FAVORITO: Matt Damon – “Perdido em Marte”
ALTERNATIVA: Steve Carell – “A Grande Aposta”
O MEU VENCEDOR: Matt Damon – “Perdido em Marte”

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
FAVORITO: Helen Mirren – “Trumbo”
ALTERNATIVA: Kate Winslet – “Steve Jobs”
O MEU VENCEDOR: Kate Winslet – “Steve Jobs”

MELHOR ATOR COADJUVANTE
FAVORITO: Idris Elba – “Beasts of no Nation”
ALTERNATIVA: Mark Rylance – “Ponte dos Espiões”
O MEU VENCEDOR: Idris Elba – “Beasts of no Nation”

MELHOR DIRETOR
FAVORITO: Alejandro Iñárritu – “O Regresso”
ALTERNATIVA: George Miller – “Mad Max: Estrada da Fúria”
O MEU VENCEDOR: Alejandro Iñárritu – “O Regresso”

MELHOR ROTEIRO
FAVORITO: A Grande Aposta
ALTERNATIVA: O Quarto de Jack
O MEU VENCEDOR: Steve Jobs

MELHOR FILME EM LÍNGUA ESTRANGEIRA
FAVORITO: Filho de Saul – Hungria
ALTERNATIVA: Cinco Graças – França
O MEU VENCEDOR: Filho de Saul – Hungria

MELHOR LONGA ANIMADO
FAVORITO: Divertida Mente
ALTERNATIVA: Anomalisa
O MEU VENCEDOR: Divertida Mente

MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL EM FILME
FAVORITO: Carol
ALTERNATIVA: O Regresso
O MEU VENCEDOR: Carol

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL EM FILME
FAVORITO: See You Again – Velozes e Furiosos 7
ALTERNATIVA: Love Me Like You Do – 50 Tons de Cinza
O MEU VENCEDOR: See You Again – Velozes e Furiosos 7

Palpite do Igor Pinheiro (TV)

Eu era um dos grandes defensores de que o Globo de Ouro era uma premiação estranha e não deveria ser tão levada a sério. Dizia que o que valia era a diversão de ver as equipes de cinema e tv bebendo juntas e tal… Minha impressão agora é de que as coisas mudaram bastante nos últimos anos. Algumas coisas ainda fogem do meu entendimento, mas começo a perceber um pouco mais da importância do prêmio realizado pela imprensa estrangeira.

Em 2016, boa parte da lista dos indicados nas categorias de TV eram previsíveis, mas isso não tira a graça de ver cada um dos nomes lá. Confesso que foi uma surpresa ver Outlander indicada como Melhor Série de Drama. Já fui alertado sobre a qualidade da série, mas não imaginava que pudesse ir tão longe. Com a saída de Mad Men e Donwton Abbey da disputa, a entrada de séries “novas” na competição deram uma variada nos indicados e aumentaram a dificuldade de se imaginar um ganhador. Três das cinco séries indicadas a Melhor Drama só tiveram exibidas suas primeiras temporadas. Palmas.

A categoria de comédia só me surpreendeu com Mozart in the Junge. Minhas apostas ficam com Orange is the New Black, mas sou suspeito para falar da série. E acredito que Fargo leve o prêmio por Minissérie, muito merecidamente.

A tão comentada e surpreendente indicação de Wagner Moura à melhor ator em série dramática por Narcos é ótima, mas não acho que não darão um último prêmio para John Hamm, que concorre pela última temporada de Mad Men. Também fiquei feliz pela indicação de Aziz Ansari como melhor ator de comédia por Master of None (minha última queridinha do ano passado), mas o trabalho de Jeffrey Tambor em Transparent é absurdamente bom. É aquela velha história de não entender como algumas séries podem competir como comédia mesmo sendo tão diferentes. Eu ainda acredito em um futuro com a categoria “dramédia”.

Viola Davis precisa levar o prêmio de melhor atriz em drama em How To Get Away With Murder simplesmente porque é a Viola Davis. E gostaria muito que Lily Tomlin (Grace and Frankie) ganhasse na categoria de atriz de comédia, mas não sei se Julia Louis-Dreyfus deixará de ganhar por Veep.

Lady Gaga! Apesar de não ser a melhor da categoria de atriz em minissérie ou filme para TV (que tem Felicity Huffman, Queen Latifah e Kirsten Dunst), a cantora/atriz deve levar o prêmio por todo o bafafá (não lembrei de uma palavra melhor) que causou em 2015.

A categoria mais bagunçada é a de ator e atriz coadjuvantes em série, minissérie ou filme para TV. Quase não se tem um critério para decidir, mas acredito que Uzo Aduba leva na categoria feminina e fico entre Alan Cumming e Christian Slater para o vencedor indicado entre os homens.

No geral, fico bastante feliz pela presença de muitas séries do Netflix e por notarem séries menores, como Outlander, Mr. Robot, Bloodline… Mesmo que tenham grandes chances de não ganhar, é bom ver essa galera lá, principalmente pelo fato de algumas séries “grandes” terem se encerrado no ano anterior e terem dado espaço para essas novas.

Confira a lista com os indicados (clique aqui)

E para você quem são os favoritos no cinema e na TV? Deixe nos comentários.

Comente pelo Facebook

1 Comentário

  1. Jonnathas

    Meu Deus kkk, essa aposta não tem nada a ver. Filme drama Spotlight ganha.